No boteco

Mundo doente

“O mundo tá muito doente, o homem que mata, o homem que mente” (André Abujamra)

“Mas nos deram espelhos e vimos um mundo doente” (Renato Russo)

O governo diminui os impostos pra incentivar a compra de carros e as cidades ficam cada vez mais entupidas, com engarrafamentos quilométricos e homéricos, como o de ontem em SP que chegou a 249 Km.

As UPPs no Rio, segundo comentarista da Tropa de Elite Global, forçariam a bandidagem dos morros cariocas a procurar emprego de carteira assinada. Você acredita em papai noel? As ruas do Rio hoje são cenários de incerteza… Da lama ao caos… Rio+20, Copa do Mundo, Olimpíadas. Vamos maquiar a cidade pra ela desfilar bonitinha. Viva mais um Fashion Rio.

A CPI do Cachoeira foi por água abaixo. O Sr. Ministro da Justiça (você disse de quê?) da era Lula, sempre um arauto da justiça, como advogado de Cachoeira, ordenou: Engole esse choro! Boquinha calada!

“Mas que sujeito chato sou eu, que não acha nada engraçado” (Raul Seixas)

É Mafalda, “tire o seu sorriso do caminho, que eu quero passar com a minha dor” (Nelson Cavaquinho)

márcio sales

Anúncios

24/05/2012 Posted by | Uncategorized | 4 Comentários

Poemas nômades em livro

Alguns poemas de minha autoria que foram postados aqui no boteco, na seção poemas nômades, agora estão materializados em forma de livro, com o mesmo título da seção. O livro contém 90 poemas escritos em diferentes épocas e contextos, dentre os quais cerca de 50 apareceram primeiramente aqui no boteco.

A edição é muito especial porque conta com 23 desenhos de Leo Sales, meu querido irmão, que se somam aos poemas formando uma impressionante apoteose de traços e palavras.

A previsão de lançamento é para o próximo mês de junho.

Por enquanto, fiquem com a capa:

Márcio Sales

16/05/2012 Posted by | Uncategorized | 11 Comentários

O filósofo mascarado

“A filosofia é o movimento pelo qual nos libertamos – com esforços, hesitações, sonhos e ilusões – daquilo que passa por verdadeiro, a fim de buscar outras regras do jogo. A filosofia é o deslocamento e a transformação das molduras de pensamento, a modificação dos valores estabelecidos, e todo o trabalho que se faz para pensar diferentemente, para fazer diversamente, para tornar-se outro do que se é”.

09/05/2012 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário