No boteco

1968: 40 anos depois

O ano de 68 foi um daqueles anos que não dá pra esquecer. Quando pensamos no que somos hoje de alguma maneira nos reportamos ao ano de 68.

Nesse ano, em diversas partes do planeta, surgiram movimentos que deixaram marcas na história. E qualquer tentativa de encontrar uma causa comum para os variadíssimos acontecimentos de 68 torna-se infrutífera se considerarmos que os contextos, os interesses e as práticas também foram diversificadas.

No entanto, é possível encontrar alguns pontos ou temas comuns evidentes nesses movimentos. De um modo geral todos reclamavam por liberdade. Liberdade de desejar, de expressar o que se pensa, de interferir nas decisões políticas. Todos representam também, de algum modo, um grito contra qualquer forma de autoritarismo, de discriminação, de dominação e de abuso de poder.

Os estudantes e operários nas ruas de Paris, a Primavera de Praga na Tchecoslováquia, a guerra na Nigéria, os protestos na Alemanha e na Itália, os movimentos no México 10 dias antes dos Jogos Olímpicos, a luta contra o racismo e a guerra do Vietnã nos EUA e, é claro, uma batalha acirrada contra a ditadura e a censura aqui no Brasil. Essas manifestações, dentre outras, confrontaram um tipo de poder que se exercia de forma autoritária, coercitiva e violenta. Analisar as relações de poder denunciando suas arbitrariedades e buscando modos de vida mais livres e participativos foi uma das grandes contribuições deixadas pelos acontecimentos de 68.

40 anos depois é preciso ver 68 não com um olhar saudosista, mas com um olhar crítico de nós mesmos, que permita avaliarmos permanentemente as nossas relações de poder e nossa capacidade de resistir. E que permita também criarmos agenciamentos que garantam o direito de pensar e ser diferente.

68 foi uma luta pela vida que deve ser continuada.

Anúncios

04/06/2008 - Posted by | Uncategorized

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: